Eu, Você e (Minha) Nossa Empresa

On 26/06/2013 by Iana Cabral

Eu, Você e Minha Nossa Empresa

Marketing Horizontal, Marketing 3.0, Comunicação Horizontal, seja como for, o “barato” hoje é todos falarem, todos têm voz ativa em um mundo cada vez mais conectado, seja no conforto do lar ou na mobilidade das Ruas.

O grande mestre Kotler defende a ideia do Marketing 3.0, um marketing funcional, emocional e espiritual, com valores. Tantos outros autores falam em Marketing Horizontal. E você? Onde você e sua empresa estão nessa história toda?

Comunicação de Massa? O que seria os MCM no momento em que vivemos, onde até mesmo as TVs são “Smart”.

O perfil do novo consumidor não é mais daquele sujeito que assiste ao comercial e se contenta com o belo produto apresentado. O consumidor de hoje quer falar, ser ouvido, mudar o produto e saber o que os outros pensam de determinado produto ou serviço, e é ai que entra o tal Marketing Direto, onde você fala diretamente com seu cliente, sabe exatamente o que ele compra, quando compra, como paga e como irá consumir.

Chegamos então ao Bando de Dados…ops! Banco de Dados. E o que fazer com esse tanto de informação? Ligar para seu cliente e/ou prospect e se tornar um verdadeiro stalker daquele que você deveria manter um relacionamento de confiança?

É meus amigos, quando a palavrinha Relacionamento entra na conversa devemos parar e refletir. Aqui não estou falando de relacionamento pessoal, mas sim de relacionamento profissional. Será mesmo?

Vem surgindo uma nova era, onde vida pessoal e profissional já não são mais divididas com uma linha tênue e rígida, o que torna os relacionamentos cada vez mais “horizontais” onde hierarquias são apenas para organizar fluxos, mas ideias e opiniões veem de todas as direções e vão para todos os lugares.

Ideias e pensamentos que querem ter o retorno imediato, em tempo real, segundos pode ser uma eternidade e minutos podem ser tarde demais para aquele que veio falar com você e não teve resposta.

Com toda essa necessidade de atenção generalizada que vivemos atualmente, é cada vez mais latente a necessidade de empresas e organizações conversarem com seu público, seja ele seu cliente ou não.

Como conversar? Quando? O que falar? O que fazer com o que falaram? São questões que devem ser respondidas antes mesmo de uma empresa mergulhar nesse Mundo Digital.

Bom, mas não se apavore, há sempre uma luz no fim do Túnel. Pare, reflita e veja as diversas opções que o Mercado oferece. Escolha algumas, planeje, coloque em ação, acompanhe e sempre, sempre evolua, melhore e jamais se transforme em uma “empresa ilha”, porque a Comunicação é Horizontal.

Iana Cabral

Comunicóloga Especialista em Marketing Digital.

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.